Vórtex
360°.
"Tornar o simples em complicado é fácil, tornar o complicado em simples é criatividade."

Tags

Home > Comunicação  > Competitividade e comunicação: a estratégia da liderança
girl-coca-cola-vtx

Sempre citado, em artigos de revistas especializadas, nos seminários de marketing, e em salas de aulas das universidades mundiais, um exemplo clássico reforça a seguinte questão: por que uma marca conhecida, valorizada, líder de mercado e consumida globalmente, precisa de se comunicar com seu público?

A marca é a Coca-Cola; e a necessidade de se comunicar com seu público – mesmo sem ter um concorrente à altura – decorre de uma evidência: não há liderança que dure para sempre, a não ser que o público seja lembrado, de forma permanente, sobre as qualidades do produto líder em vendas.

Se este conceito é válido para uma das empresas com o maior poder de influência em todas as culturas do planeta – deverá ser válido também para outras empresas, de todos os setores; quando, então, essas empresas não são líderes insofismáveis, a necessidade da comunicação aumenta mais ainda.

Basta citar o constante bombardeio midiático de marcas como Casas Bahia, Unilever, Fiat, cada uma delas disputando uma fatia preciosa de mercado; ou ainda a atuação da Ipiranga, que atua tanto na mídia eletrônica tradicional – as TVs abertas – quanto no nicho esportivo, anunciando com frequência em canais esportivos fechados (ESNP, Fox, Sportv etc.).

Em ambos os casos – a da marca líder global e as marcas que almejam esse status mesmo que local – a comunicação atua como um elemento da maior importância: suas ações possibilitam ao marketing da empresa alavancar mais negócios, atrair novos clientes e melhorar sua posição no mercado.

Sem Comentário

Postar um Comentário